Início/Quem somos

Início

Aproximar-se de Deus em liberdade!

Matthias Gruenewald - A Ressurreição de Cristo

Matthias Gruenewald – A Ressurreição de Cristo

A Comunidade de Cristãos empenha-se na renovação religiosa. Em suas comunidades reúnem-se pessoas que procuram o culto e a compreensão do cristianismo de acordo com a consciência da nossa época.

No âmago da sua vida religiosa está o Sacramento da Eucaristia: o Ato de Consagração do Homem.

Neste culto, o pão, o vinho, as cores, as vestimentas, os gestos e as palavras não constituem meros símbolos, mas sim realidades espirituais que se manifestam no plano visível

Quem somos

Somos mais de 350 Comunidades independentes em todo mundo, nos cinco continentes!Porta de entrada

A Comunidade de Cristãos foi fundada em 1922 em Dornach, Suíça.

Seus fundamentos são os Evangelhos e a convicção de que a força da ressurreição de Jesus Cristo é o “fermento” da vida religiosa, como está expresso nesta proposição de nosso Credo (1):

“Comunidades, cujos membros sentem em si o Cristo, podem sentir-se unidas numa igreja a qual pertencem todos aqueles que percebem a força salvadora do Cristo”

Surgiu como um movimento de renovação religiosa cristã, sobretudo no âmbito dos sete sacramentos sob a orientação de Rudolf Steiner e a liderança de Friedrich Rittelmeyer. (2).

A vida comunitária está centrada nos sete Sacramentos: Batismo(2a), Confirmação (2b), Diálogo Sacramental (3) -Confissão, Eucaristia (4), Matrimônio, Consagração Sacerdotal e Extrema-Unção. (5)

O Ato de Consagração do Homem, com o culto que celebra a vivência da Eucaristia, representa um caminho espiritual para que o homem possa alcançar sua meta futura, ser verdadeiramente um ser humano.  A Eucaristia, é, no âmago da vida religiosa, o meio de o homem se tornar verdadeiramente ser humano.

As cores, as vestimentas, os gestos e as palavras são, no contexto cúltico, realidades espirituais que se manifestam no plano físico, fortalecendo o processo de integração do ser humano e o cosmos.

Na vida religiosa cristã moderna, há espaço para a liberdade de pensamento, para incorporarmos ideais como reencarnação e carma, uma profunda concepção cósmica do Cristo e a relação das hierarquias dos seres espirituais, em todos os níveis da existência terrena.

Cristo Jesus é o Guia e o Redentor que nos precede, que nos leva à verdadeira humanidade.


Livros de aprofundamento nesses temas:
(1) O Credo – Como caminho de exercício – Hans-Werner Schroeder
(2) A Comunidade de Cristãos: origem, desenvolvimento, objetivos de Hans-Werner Schroeder
(2a) Chama-me por meu nome mais profundo – Udo de Haas
(2b) O sacramento da confirmação – Coletânea de textos
(3) O caminho a Si mesmo – Maarten de Gans
(4) Renovação do Sacramento do Altar – Gehard Palmer e Metamorfose da Eucaristia – Rudolf Frieling
(5) Os sete Sacramentos – Rudolf Frieling